28 de nov de 2016

Resenha: Neve e Cinzas - Sara Raasch

   Helloo, folks.. tudo numa nice?!
Hoje eu venho trazer uma resenha para vocês e diferente do que tenho feito ultimamente, não vou dar uma explanação da obra porque a sinopse tá aí mebaixo e pelo motivo que desmembrarei mais adiante.
Eu demorei quatro freaking months para terminar esse livro. Sério mesmo. Acho que tem que ter sempre um livro no ano para eu não gostar e demorar tanto para terminar. Li uma obra ano passado e demorei acho que a mesma quantidade de tempo para terminar, a diferença é que com o livro do ano passado eu continuava lendo, mas parecia que não tinha fim. Com Neve e Cinzas eu decidi dar uma pausa para poder me afastar da estória e dar uma chance novamente depois.
Créditos da Imagem: Ler e Imaginar
   E é esse o motivo de eu não falar muito sobre a sinopse do livro porque li há muito tempo e o que está mais fresco em minha cabeça são os eventos mais recentes do meio do livro e eu não quero dar spoiler.
Uma tempestade de neve viva, um lembrete vibrante e branco de que não escravizaram todos os invernianos. Alguns de nós ainda estão vivos. Alguns de nós ainda estão livres.
Título: Neve e Cinzas: Neve e Cinzas # 1 | Autor: Sara Raasch | Ano: 2016
Páginas: 320 | Editora: HarperCollins Brasil  | Lido entre: Julho e Novembro de 2016  
Dezesseis anos atrás o Reino de Inverno foi conquistado e seus cidadãos, escravizados, sem família real e sem magia. A única esperança de liberdade para o povo do reino jaz nos oito sobreviventes que conseguiram escapar, e que seguem esperando uma oportunidade para recuperar a magia de Inverno e reconstruir o reino. Meira, uma órfã desde a derrota de Inverno, passou a vida inteira como refugiada, criada por Senhor, o general dos invernianos. Treinando para se tornar uma guerreira — e desesperadamente apaixonada pelo melhor amigo e futuro rei, Mather —, Meira faria qualquer coisa para ajudar o Reino de Inverno a retomar seu poder. Então, quando espiões descobrem a localização de um medalhão antigo capaz de devolver a magia ao reino, Meira decide ela mesma encontrá-lo. Finalmente ela está escalando torres e lutando contra soldados inimigos como sempre sonhou. Mas a missão não sai como planejado, e logo Meira se vê mergulhada em um mundo de magia maligna e poderosos perigosos. De repente, ela percebe que seu destino não está, e nunca esteve, em suas mãos. A estreia de Sara Raasch é uma fantasia cheia de ação sobre lealdade, amor e a capacidade de determinar o próprio destino.
    Enfim, o início da obra é bastante promissor, nossa protagonista, Meira, é uma garota forte que sabe o que quer, tenta encontrar seu lugar no campo de refugiados de Inverno e sempre está preparada para exercer alguma missão que seja para ajudar os invernianos. Ela é apaixonada por seu amigo e herdeiro do trono de Inverno, Mather - mas não tem coragem de confessar a ele, pois acredita que é imprudente e injusto já que ele será o futuro rei. Toda aquela questão de realeza x plebeu. Please, just please...👂 
   Quero dizer que eu realmente gostei do início da obra porque é promissor e bom. A Meira se mostrou bastante destemida e forte e gostei dela se impor no início. Mas no decorrer do livro a protagonista começou a tomar umas decisões bastante ruins, a estória começou a tomar um rumo bastante previsível, e um monte de outras coisas me incomodaram e uma delas foi o triângulo que se formou seguido das cenas mais clichês ever. Tipo, sério!! Um monte de outros livros e cenas de filmes surgiram na minha cabeça quando li determinadas páginas e pensei tristemente: por favor, não faça isso.
   Tipo, o príncipe de Cordell de repente estava prometido a Meira e mesmo sem conhecê-la de verdade  já estava mostrando uma postura eu sou macho alfa e entrando em brigas suadas de possessividade e blá blá blá com um Mather ciumento que não era capaz de falar sobre seus sentimentos. O triângulo foi desnecessário e me irritou.
    Bem, eu fiquei cansada disso e tentei não revirar os olhos, mas não deu. Sério. Se o triângulo é bem trabalhado eu até que gosto – já li vários livros com triângulos e curti. Mas esse não me pareceu coerente. Outras questão me incomodaram durante a leitura e vou colocar aqui o comentário que fiz no skoob quando cheguei a metade do livro.
15/ 07:
"Nossa, o livro caiu bastante. A dependência de Meira para com os outros, a necessidade exacerbada dela está me incomodando. Uma garota que havia começado a obra tão mara e forte, decaiu bastante. (...) E a obra parece ter MUITO romance como enfoque. Não curto isso, gosto quando as coisas são balanceadas!"
O cenário que autora trouxe era bem bonito e a forma que ela escrevia de forma firulada e cheia de adjetivos e palavras bonitas e descrições me encheu os olhos - gosto de livros assim ahah. Um outro problema para mim é quanto a narração da obra - quero dizer, em primeira pessoa não está ruim, na verdade a leitura ficou fluída, mas quando acontecia as "batalhas" a situação que acontecia não parecia muito crível ou emocionante pela visão de Meira porque ela sempre está fazendo isso ou aquilo - talvez eu estivesse esperando algo grandioso demais?! Não sei.
   Um ponto que gostei na estória  - para balancear - foi conhecer as emoções da protagonista, isso a autora fez com louvor e dava para percebemos o sofrimento do povo inverniano bem como o dela - e lembro que nessas cenas eu realmente me senti condoída.    
   Enfim, eu esperava mais, bem mais do que o livro entregou. Talvez em parte isso tenha me atrapalhado. Eu AMO fantasia - e como uma viciada no gênero posso dizer que a obra não entregou tudo que podia e quem é viciado como eu não vai se animar muito. De qualquer forma eu não abandonei a leitura porque gosto de concluir as coisas e a escrita da autora era a salvação, porém isso não é o suficiente para me fazer continuar com a trilogia. Recomendo que cada um tira suas próprias conclusões e se aventurem no mundo que a Sara criou.
Nota: 2,5/5
XO XO
Share with the world:

9 comentários:

  1. Oi Alana, tudo bem?
    Tão chato quando um livro faz isso com a gente! Super te entendo. Já tive alguns livros assim, que tive que parar deixar passar um tempo e pegar novamente e terminar na marra. Eu não conhecia a série, e esta é a primeira resenha que leio desse livro, por isso não sei se leria. Vou procurar saber mais, pra ver se vale a pena.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oii Alana
    Poxa, como decaiu da metade em diante... Uma pena porque a série parecia até que bem promissora. Detesto protagonistas que vivem necessitando dos outros pra tudo e como a menina começa tão bem e depois sofre esse revertério negativo...
    Tenho vontade de conferir essa história e tirar minha própria conclusão mas confesso que ja vou o pézinho atrás, ciente do que encontrar.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  3. Olá! A sinopse do livro é convidadora pra ler, é ruim quando a gente cria meio que expectativas pra um livro e ele não se mostra tão interessante assim, você demorou quatro meses pra ler, eu já teria desistido já na primeira semana kkkkkkk que pena que você não gostou tanto, mas quem sabe um dia eu não leio e vejo se supre as minhas expectativas?
    Beijoss
    http://agridoceleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi!! Bem, fantasia não é meu gênero favorito, nem de longe, na verdade. Geralmente são muitas nomenclaturas e universos muito distintos, o que dá meio que um nó na minha cabeça e não consigo assimilar direito hahaha. Outro gênero que tenho evitado é romance, ou seja, parece que esse livro não é pra mim. Provavelmente teria desistido da leitura no primeiro sinal de clichê e nem chegaria a ver o tal triângulo amoroso, você foi forte hahaha. Sendo uma trilogia, então, aí mesmo que não me animo muito.
    Sua resenha ficou ótima, gostei muito dos pontos que você abortou e ficou tudo muito claro. Esse aí eu vou passar hahaha. Beijos!

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
  5. Olá! Que pena essa decepção toda com o livro, com a personagem, com as cenas de batalhas, etc... Eu detesto quando isso acontece e não tem jeito, quando é um livro no estilo que eu mais gosto, costumo colocar muitas expectativas e às vezes também me decepciono. Você falou tão bem da personagem principal no início que até eu achei que iria gostar dela! Também adoro linguagem rebuscada ("firulada", como você diz)... E, claro, nada melhor que uma escrita fluida.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. A sinopse me parecia tão interessante quando vi a divulgação do livro que eu até estava pensando em dar uma chance e ler - mesmo não sendo exatamente meu estilo.
    Agora, se ele é assim como você comenta em sua resenha, acho que não será o que preciso no momento. Tem sempre um livro que prende a gente e faz com que a gente meio que dê uma 'patinada' na leitura né? E eu entendo que uma leitura que não foi completamente boa para você pode ser boa para mim, mas nesse final de ano, com tantos livros ainda para ler acho que vou levar em conta o que você levantou sobre o livro e deixar esse passar :)
    Beijinhos,
    Lica
    Amores e Livros

    ResponderExcluir
  7. Eu simplesmente adoro livros de fantasia, e mesmo com algumas das suas considerações quero muito conferir a obra. Aliás, quero ler desde que lançou! <3
    Que pena saber que o livro não entregou tudo o que se esperava, mas quem sabe nos próximos volumes? Espero poder ler a obra em breve.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Alana, sua linda, tudo bem?
    Eu sou fã de fantasia como você, e assim que vi o lançamento desse livro fiquei super animada. Cheguei a ler algumas resenhas que me fizeram colocá-lo na minha listinha de desejos, risos... Uma pena que não correspondeu às suas expectativas. Eu já tive esse sentimento de perceber que o livro poderia ser muito mais e não foi. Ainda pretendo ler, mas depois da sua resenha, não vou esperar mais nada, para não me decepcionar. Gostei muito da sua sinceridade.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oiee ^^
    Como eu não gosto muito de triângulos amorosos, e odeio mais ainda esses personagens que ficam todos possessivos e essa coisa toda de de macho alfa, já desanimei. Ainda não conhecia esse livro, mas tinha gostado da sinopse, então fiquei meio "leio ou não leio?". Acho que vou pelo não leio, hehe' pelo menos agora *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir

 
Designed by Beautifully Chaotic