17 de maio de 2016

Resenha Filme | No Coração do Mar


  Vou fazer uma resenha diferente dessa vez, não vou contar a estória do livro em que o filme é baseado e nem sobre o filme, para isso tem a sinopse. Vou contar as minhas impressões fazendo inferências.
  No fim do ano tinha uma quantidade significativa de filmes para conferir no cinema, mas ainda assim não tinha opções para mim, nenhum que me interessasse, mas isso somente porque não tinha visto trailer nenhum exceto por Star Wars, mas como este último eu assisti só quando era pequena decidi assistir todos os outros antes desse para ter um background maior. Eu rodeio demais para falar, mas tudo isso que trouxe aqui é somente para dizer que não tinha filme algum que me interessava.

    Vocês já devem conhecer que gosto mais de série do que filme e no geral só assisto filme quando vou ao cinema. Dessa vez eu fui obrigada porque meus pais não queriam me deixar ficar sozinha (porque eles dizem que fico no meu ninho demais) e então fomos assistir algo que eu não queria. Sobretudo um filme dublado, detesto dublagem, só assisto séries legendadas. Eu não assisto filmes dublados porque consigo fazer leitura labial e vejo a tradução toda errada, além de que prefiro o áudio original.  

    Mas ainda bem que fui assistir algo que não queria porque o filme que assisto foi muito bom e superou as minhas expectativas negativas.
   Quero avisar aqui que não sou daquelas que ama o Chris Hemsworth e nem fico com taradisse por ele, nem acho que ele um ator assim tão deus grego como as pessoas pintam, e também não tenho esse background de Thor porque nunca assisti. Acreditam que assisti Os Vingadores sem assistir nenhum filme dos vingadores? Pois é.

   Bem, eu gostei demais desse filme, No coração do Mar. Quase chorei, o que é uma coisa grande, fiquei chocada e simpatizei com quase todos os personagens – o que é raro. Foram tantas emoções e vou tentar exprimir tudo que senti com o filme.


    No inverno de 1820, o barco baleeiro de New England (EUA) Essex foi atacado por algo em que ninguém podia acreditar: uma baleia de imenso tamanho e determinação, e um sentido de vingança quase humano. O desastre marítimo que ocorreu na vida real inspiraria Melville a escrever Moby-Dick. Entretanto, o livro contou apenas metade da história. "No Coração do Mar" revela as terríveis consequências do encontro, à medida que a tripulação sobrevivente do barco é levada aos seus limites e forçada a fazer o impensável para permanecer viva. Enfrentando tempestades, fome, pânico e desespero, os homens serão levados a questionar suas crenças mais profundas, do valor de suas vidas à moralidade de sua atividade, enquanto seu Capitão busca orientação no mar aberto e seu Imediato ainda tenta derrotar a grande baleia.
Gente, eu confesso que quando estava na fila para comprar os ingressos fui ler a sinopse do encarte e quando vi 1820 meus olhos se encheram e fiquei com um sorriso, nem li o resto. Gosto muito de História e quando vejo enredo com esse contexto logo vou conferir.

   O filme foi bem trabalhado ao meu ver. Hermann Melville é um escritor que está atrás de uma estória brilhante para publicar, devido ao sucesso do seu último livro e o tempo em que o lançou as pessoas esperam coisa nova e o maior medo de Hermann é não conseguir publicar algo digno ou altura do seu último trabalho. Ele quer algo impressionante e que convença as pessoas. Então ele vai atrás de Thomas Nickerson, um tripulante de um dos navios comandados por Owen Chase e George Pollard atrás de histórias sobre a grande baleia que muitos comentavam.
  Thomas Nickerson precisa de dinheiro e apesar de estar relutante em contar a sua história devido a todas as barbáries que aconteceram em alto mar e tudo que ele queria esquecer, ele ainda assim decide confidenciar todo o ocorrido. A partir daí o filme deslancha.


   Eu simplesmente amei esse filme, me tocou de uma forma diferente. Existiu um drama excelente e bem trabalhado e a história, para mim, seguiu numa imprevisível em certas situações da trama.
A atuação não deixa a desejar e todo o contexto histórico é muito bem apresentado, aprendi coisas que não fazia ideia e percebi outras situações acerca de eventos históricos que já estudei para trabalhar em meus livros que fez muito mais sentido. Tipo o óleo de baleia que usavam para fazer luz, ligar os postes e essas coisas porque não havia petróleo para as lamparinas.
   Gente, a vida dos baleeiros em alto mar é muito intrigante, sofrida, cheia de ação e às vezes hilária. Foi chocante a discrepância da vida que os tripulantes para o capitão e o sub tinham. Dá aquela sensação de justiça própria onde a gente começa a ficar com raiva de certas situações como essas. Todo mundo conhece esse tipo de situação social: ricos e pobres. Desfavorecidos e favorecidos. Mas é um tema recorrente. A grande questão é que no risco de morte onde o pânico ronda a todos, não existem títulos ou coisa parecida. Todos são pessoas tentando sobreviver.

Gentee, teve tripulantes que ficaram assim!! Assustador... Acho que aí é o Chris.

   Há muita discussão de baleeiros, piadas dos tripulantes que vivem no auto-mar que a gente vê muito em filmes de piratas e que eu curti bastante.
    Enfim, eu gostei da história e recomendo bastante, apesar de não ter tido a bilheteria que esperavam - meio que flopou nessa parte - porque o filme foi dirigido por Ron Howard, mas eu não me importei com isso, eu gostei dos fatos trabalhados e das histórias não contadas e vistas nessa obra prima. Acredito que o filme realmente teve seus méritos e trouxe algo totalmente diferente do que eu esperava. Ainda assim o longa está com nota sete no IMDB. Então vale a pena conferir. 

Confiram o trailer abaixo:


É isso, people.
Beijin...

20 comentários:

  1. Ooi! Vi esse filme no cinema também e curti bastante, na verdade eu não tinha expectativa nenhuma e acabei me surpreendendo. Gostei das atuações e acho que principalmente da forma como a historia foi contada. Beijos
    Estilhaçando Livros
    Conheça o novo Cantar em Verso

    ResponderExcluir
  2. Olá,
    Eu ainda tenho que assistir esse filme.
    Gosto do trabalho do diretor e bacana pra ver um lado mais drama do Chris.
    Chocada com a mudança sos. Seus comentários me animaram bastante.

    Quem dera se meus pais se animassem assim para ir ao cinema. Sou eu que sempre chamo e eles sempre negam. Até hoje acho que eles tem trauma da bagunça que meu irmão fez, quando era mais novo, quando fomos assistir Ace Ventura kkkkkkkk Triste saber que até hoje não experimentaram o 3D.

    tenha uma ótima quinta =D
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  3. Eu já tinha ouvido falar desse filme, mas essa é a primeira resenha que leio sobre ele. Me surpreendi bastante pelo que você comentou e fiquei bem curiosa para assistir. Também não sou fã do ator Chris. Mas, nossa, as mudanças são impressionantes. Fiquei com muita vontade de assistir.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  4. Oi linda
    Eu adoro Moby Dick e No coração do mar e ainda não conferir o filme haha
    Pelo que escreveu o filme está bem produzido e digno da obra literária e espero gostar tanto quanto você.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Hey...
    Acredita que eu ainda não assisti e nem tenho interesse em assistir... como muitas vezes eu falo em comentários e nas minhas resenhas, eu vivo no mundo da fantasia e muitos poucos filmes realmente me interessam, filmes como Star Wars e Possessão Demoníaca é que me atraem aos cinemas kk embora o filme pareça ser ótimo e discordando um tiquinho de ti "Eu Sim Acho Ele Um Deus Grego" imagino muitos personagens literários com a sua persona kkk emfim se um dia eu sair desse meu mundo da lua terei o prazer de assistir esse filme... obrigado pela dica...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Lembro de algumas divulgações que fizeram deste filme e do trabalho de pós produção, mas acabou que eu esqueci que queria conferir. Adorei sua resenha e espero poder assistir no feriado.
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá

    Ao contrário de você tenho muitas expectativas sobre esse filme e fiquei bem triste de não ter conseguido assistir no cinema. Até agora estou esperando algo em alta resolução para poder conferir. Fico bem mais empolgado e até menos tranquilo em saber sua opinião sendo ela bem positiva sobre o filme. É um grande feito pra mim também um filme me fazer chorar, quem sabe esse não consegue.

    Everton equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  8. Oi Alana, tudo bem?
    Não havia ouvido falar sobre o filme mas pela sua resenha parece ser incrível. Vi o trailer e achei a baleia super assustadora, mas ainda assim o filme demonstra ser muito envolvente. Fiquei intrigada com o fato do escritor fazer essa viagem perigosa somente para ver a baleia para escrever uma história brilhante, se eu fosse esse cara somente contaria com a minha imaginação, haha. Enfim, adorei ver a sua opinião sobre o filme e como você, também odeio assistir filmes dublados então somente o verei com as legendas e áudios originais. Espero gostar tanto quanto você.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  9. Oi Alana
    Esse filme é ótimo. As cenas são incríveis e adorei a atuação de todos.
    A baleia então? super bem produzida.
    Vi muitas críticas a ele, mas sinceramente gostei. Que bom que agradou a você também.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Oie, que ótima dica. Seu post me deixou não só com vontade de assistir o filme mas também com voade de ler mobbydick. Adoro coisas que envolvem momentos históricos e assim como você o 1820 super me chama atenção. Também gosto desse drama de que perante a morte todos somos iguais e acho que amarei esse filme. Muito obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  11. Olá Alana,
    Estou louca para ler ver esse filme. Quando estava em cartaz eu tinha ficado com muita vontade de ver, mas inúmeras pessoas falaram que era ruim e tudo o mais e desisti. Estou amargamente arrependida :(
    Fico imaginando se a história me tocaria também, acho que sim.
    Sua resenha está incrível!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Se eu não tivesse visto a foto do ator de Thor magro, ia falar que nunca tinha visto sequer falar do filme, mas já tinha sim hahahaha.
    Pela sua crítica o filme parece ótimo mesmo, ainda mais pela fotografia do filme, parece que o diretor acertou em cheio na produção.
    Adoro as atuações desse ator também, acho ele super talentoso e agora fiquei morrendo de vontade de conferir esse filme também

    ResponderExcluir
  13. Oiee,

    Muito interessante a sua resenha do filme, gostei muito de como você a redigiu apesar de em alguns pontos ter ficado meio confusa, porque você meio que fugia do foco, no fim consegui pegar o fio da meada e entender o que você queria passar da sua experiência. Ainda assim, não consegui me interessar em assisti ao filme, nõ curto muito obras que se passam em meio ao mar e dos fatores mencionados nenhum chamou tanto a minha atenção, ainda assim valeu pela dica. beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá!!!
    Nunca li o livro Moby-Dick,mas esse filme me encantou qnd vi o trailer dele,preciso logo ver esse filme com urgência e os efeitos especiais estão lacrando geral!!!!!
    Não posso deixar de comentar do Chris né..perfeito demais!!!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/05/resenha-o-quarto-dia-sarah-lotz.html

    ResponderExcluir
  15. Oii, tudo bem?
    Assim como você, eu não gosto de filmes dublados, eu sempre fecho a cara quando sou obrigada a os ver no cinema. Eu confesso que a premissa desse filme não em agradou muito, eu achei muito interessante a historia do filme a sua opinião, mas acredito que não seja algo que eu vá ver agora.

    ResponderExcluir
  16. Olá, eu assisti esse filme recentemente e gostei muito, eu também me emocionei com ele e chorei um pouco. Ainda mais com essa história comovente e linda, eu adorei o filme e sempre que posso irei recomendar!

    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Eu li o livro há um tempinho, bem na sequência de um outro livro sobre naufrágio. Quando li fiquei bem chocada com as histórias que o livro traz, mas gostei bastante. Eu fiquei sabendo do filme, mas esse ano tem tantas idas ao cinema que acabei deixando esse de lado, em prol de outros tantos. Mas provavelemten o verei quando sair na tv.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Meu noivo tinha comentado desse filme comigo mas sinceramente eu detesto filmes que se passem no mar. Hahaha... não sei nm explicar por que. Ma nunca consegui assistir um inteiri. Incluindo Titanic!!!
    Dico feliz que esse filme tenha te transpassado tantas emoções. É nítido em sua resenha o quanto gostou dele. Mas não faz meu gênero.
    Fica para a próxima dica!
    Bj

    ResponderExcluir
  19. Tenho muita vontade de assistir a esse filme, pois ouvi falar muito bem dele e eu adoro filmes com temas marinhos. Esse filme parece ser mesmo fantástico, pois para despertar emoções, não pode ser qualquer um. Vou anotar a dica, quem sabe já assisto no próximo fim de semana. Adoro dicas de cinema, e essa já está anotada.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  20. Está tudo bem, eu gostei. Em suma, "No Coração do Mar " é um espetáculo visual muito interessante que recebe cenas específicas com força suficiente. Além disso, o filme também adiciona duas reflexões interessantes: em primeiro lugar, com Melville como eixo sobre o ato de escrever, sobre o medo de nossa própria incapacidade ea luta interna entre revelando e inventar, entre a transmissão da verdade e da captura da essência; ea segunda, sobre os interesses comerciais eternas e a tirania do dinheiro.

    ResponderExcluir