9 de outubro de 2015

Resenha: A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

A Rainha Vermelha é uma distopia cheia de reviravoltas, elementos “diferentes”, fantásticos e clichês. Uma trama amarrada e frenética. Vamos conferir:
 Eu não aprendo nunca. Acho que até hoje não gostei de um livro de modinha, mas sou teimosa o suficiente para ler. Conheço-me bem, sempre tem aquelas coisas que eu detesto, mas desobedeço a minha mente e leio. Confesso que fiquei super ansiosa para ler esse livro, mas quando estava com ele em mãos olhei para a capa e não entendi o porque da minha empolgação. Sério,  eu disse para mim mesma: você pode não gostar, Alana. Bem, abaixo vocês vão entender tudinho.
     Não gosto de comparações com livros para não ser influenciada até porque se for algo parecido a outra obra já não me convence visto que preso muito originalidade. Parece presunçoso, mas é a realidade. Leio clichês sim, mas tem que me convencer mesmo!! Li um monte de livros e estou postando resenhas atrasadas. Não leio muita distopia, mas antes de ler A Rainha Vermelha eu tinha acabado de ler o melhor livro do ano para mim: Fúria Vermelha. Não sei quanto aos outros livros que as pessoas compararam em resenhas que li, pois nunca li Goerge R. R. Martin e ainda não terminei Cidade dos Ossos.

   Victoria Aveyard fala de vermelhos como tem também em Fúria Vermelha onde o personagem principal também é vermelho e quando vi isso logo no início me incomodou bastante e me fez demorar a engatar na leitura. Eu estava chorando para terminar logo. Gente, eu passei mais de três dias com o livro. Não é usual isso, não gosto de passar tanto tempo com uma obra porque tem tantos outros para ler e quero ler tudo. Bem, além é claro do detalhe dos capítulos serem longos demais.
     O livro é embebido em clichê e apesar do final drástico e bombástico, preciso ser justa porque há livros com mais originalidade que dei uma nota menor, e esse é bom, mas é uma mistura de um monte de livros para tornar essa estória essa estória.
Chega de meus comentários, vamos falar um pouquinho do livro:
     Mare é uma vermelha, uma ladra que vive nas palafitas e que está perto de ser recrutada pelo exército visto que não conseguiu emprego algum e não é aprendiz como sua irmã que está progredindo no ofício da costura.
   A sociedade é dividida pela cor que as pessoas carregam no sangue e isso os define. Mare sempre faz de tudo para ajudar sua família e Kilorn, seu amigo que depois de um evento trágico está com os dias contados para ser recrutado pela guarda, o que antes não era uma realidade. Todos sabem o quão ruim é ir para o exército. Ninguém sobrevive e se voltar para casa, volta morto. Mare sempre irá pensar nos outros ao invés de si mesma.
     Quando uma oportunidade para trabalhar no palácio surge junto com a ideia de ajudar a sustentar a sua família, viver dignamente e o melhor de tudo, não ir para guerra, ela não pensa duas vezes e embarca nessa empreitada. As coisas na vida de Mare aparentemente vão fluindo até que numa exposição inusitada a um dos eventos mais prestigiados do palácio ela descobre que é capaz de fazer coisas que “ninguém” do seu sangue poderia fazer.
  E com essa nova perspectiva e perigo à coroa, Mare é levada a se tornar noiva de Maven, segundo filho do rei, para afastar qualquer coisa e sentimento que possa fazer o povo questionar o poder dos prateados. Como sempre deve haver o “triângulo amoroso” (o que sempre acaba com as histórias, mas nesse livro o romance nem é tão evidente assim e nem romance, não sei porque a autora colocou essa parte) entre irmãos. O filho herdeiro do rei, Cal, já nutria alguns sentimentos pela vermelha elétrica que está prometida a seu irmão.
     Coisas importantes irão acontecer, decisões drásticas precisarão ser tomadas e reviravoltas vão encher o livro. E te fazer suspirar no final, talvez, mas se você for como eu não vai sentir nada! Cara, eu já suspeitava o que ia acontecer no final e aconteceu!
“Todo mundo trai todo mundo!”
    O problema do livro para mim é que como disse em cima, é clichê, até as reviravoltas eram tipo: oh, sabia que isso ia acontecer. Não causaram impacto de verdade em mim. Não acho que faz jus a todo o alarde que as pessoas tem feito. É um livro bom. Nada demais. Estava bastante ansiosa para lê-lo e me decepcionei. É claro que teve seus pontos bons, mas não chamaram a minha atenção de verdade. Acho que porque li livros anteriores com uma qualidade tão superior que colocaram as minhas leituras subsequentes no chinelo.
    Outro problema que me incomodou foram os longos capítulos que me deixaram bastante irritada. E de alguma forma eu consegui passar quase uma semana com o mesmo livro; o que eu odeio de verdade. Não gosto de passar mais de dois dias com um livro só. Há tantos livros no mundo para ler e não gosto de passar tempo com histórias que não me entusiasmam. Fiquei enfadada. Quando peguei o livro enfim e o olhei eu senti, de alguma forma, que ia me decepcionar. Deveria seguir o instinto, mas a lesada aqui foi seguir a massa que amou o livro.
    Sério mesmo, não gostei da personagem. Insegura muitas vezes e chatinha. O que mais gostei foi Kilorn na verdade. (Início de Spoiler) Quando um dos príncipes se voltou contra a vermelha elétrica eu realmente pensei: mas que droga! Não podia ser mais clichê que isso? Um irmão se volta contra o outro só por causa de inveja como sempre. (Final de Spoiler).
    Fiquei realmente cansada por ler esse livro. É uma mistura de um monte de livros. Questões foram resolvidas, mas há outras que devem ser solucionadas no decorrer dos próximos volumes. Não sei se irei ler os próximos.
Bem, é isso people! Quem já leu ou quem não leu comenta aí o que achou!
Beijin... 
Nota: 2/5

44 comentários:

  1. Oii Alana!
    Não achei o livro ruim, mas concordo com você que é uma mistura de vários livros, só que pra mim deu certo! Acho que por não gostar muito de distopias acabo lendo poucas e tenho pouco material pra comparar. Ele é clichê? É sim, mas não achei que ficou tão óbvio porque geralmente os autores ficam deixando pistas no decorrer do livro todinho até você ficar dizendo pra personagem: bicha burra, não tá vendo que ele é um traíra?! (eu fico assim, haha)
    Só fiquei meio surpresa com o tamanho do ódio do Maven só por causa da inveja e a frieza dele foi um tapa na cara. Terminei de ler em um dia, mas não estou tão ansiosa pelos próximos, apesar de tudo foi um bom livro pra passar o tempo, por isso, um pouco mais que mediano :D
    Estante de uma Fangirl

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani!
      É para mim o livro não funcionou, estou um pouco saturada, sabe?! Também leio pouca distopia por esse simples motivo. Eu achei um pouco óbvio. O ódio de Maven foi a única coisa que me deixou estupefata no livro.
      Beijin...

      Excluir
  2. Oi, tudo bem?
    Confesso que, pra mim, toda distopia é uma mistura de outros livros hahaha mas pra mim é uma coisa que dá certo! Tudo bem que nesse livro eu demorei um pouco pra engatar, o começo pra mim foi meio difícil de passar, mas conforme a história foi ganhando forma, li rapidinho!
    Sem falar que eu sou uma fã de carteirinha de clichês, entã ia ser bem difícil eu não gostar dessa história! hahaha
    Porém, acho ótimo pessoas, como você, que publicam o que realmente acharam dos livros! Parabéns pela resenha!
    Beijos

    Galáxia dos Desejos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Mari!
      Ultimamente só tenho visto distopias com temas do mesmo e esse me fez demorar demais para ler. Fiquei estressada. Gosto de clichês, mas só de alguns tipos, tem que me convencer de verdade, entende!?
      Obrigada.
      Beijin...

      Excluir
  3. Esse mês eu peguei esse livro para ler e abandonei ele por todos os motivos que você citou em sua resenha: ele é clichê ao extremo. A cada linha que eu lia ficava pensando "eu já vi isso em algum lugar" rsrs Achei muito sem criatividade, da parte da autora e nem sei se um dia vou dar uma nova chance para esse livro, pois como você mesmo disse é uma mistura de vários outros livros distópicos que já lemos antes. Me admira que livros assim virem séries, eu me pergunto como a autora consegue criar assunto para mais livros rs.
    Adorei muito sua resenha, primeira vez que alguém fala tudo aquilo que eu pensei enquanto lendo o livro.
    Beijos

    beahreads.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Bea!
      Também achei isso, não pensei em abandonar porque já deixei tantos livros de lado e queria terminar, até porque pensei que ia melhorar, mas isso não aconteceu. Também achei sem criatividade o que a autora fez.
      Obrigada!!

      Excluir
  4. Oi Alana!
    Eu li esse livro pro clube do livro que participo e confesso que também não vi razão para todo o hype por ele. Como li numa resenha, ele parece que foi escrito tipo um roteiro de filme, tanto que foi logo comprado os direitos dele para adaptação. Se a Victoria estava pensando nisso, não se sabe.
    Você é como eu: fala sua opinião na resenha, doa a quem doer.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!
      Pois é, tem livros que não sentido todo o alarde, já li melhores que as pessoas não fizeram tanto barulho. Prefiro falar a verdade mesmo!

      Excluir
  5. Ótima resenha! E Como a Luiza do comentário acima disse: "Fale a sua opinião, doa a quem doer". Sempre ouvi falar super bem deste livro, eu ainda não o li. Pretendo ler e formar minha opinião sobre ele. Mas enfim... Ótimo blog o/

    http://www.decidindose.com/ - Acabei de responder a Tag "Doenças Literárias", se você quiser dar uma conferida...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, pois é. Leia sim para tirar suas próprias conclusões!!
      Obrigada!

      Excluir
  6. São tantas pessoas falando nesse livro, a última vez que fui na livraria tinha dele mas estava absurdamente caro. Vou comprar pela internet e espero não me decepcionar.
    Post it & Livros

    ResponderExcluir
  7. Ahhh, todo mundo tem falado super mal desse livro, mas quero lê-lo mesmo assim AHAHHAAH :)
    Goooostei da sua sinceridade na resenha,rs.;

    beeijão :)
    http://carolhermanas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Alana.
    Eu tenho esse problema com livro tão bem falados também. Eu cai na besteira de ler ACEDE quando estava no auge e não consegui gostar. Por isso sempre espero para ler. Mesmo eu compre, eu deixo lá na estante, até a expectativa baixar. Não tenho problemas com clichês, mas pelo que vi a autora usou uma parte de cada livro famosos para construir o seu. Ai fica difícil. Mas ainda quero ler ele.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Sil!
      Eu não gosto de ler livros quando estão fazendo alarde, mas achei que poderia gostar desse; o que não aconteceu. Pois é, Sil, ela usou sim, mas leia por você para tirar suas conclusões.
      Beijin...

      Excluir
  9. Heey!
    Já ouvi falar muito desse livro, mas dei uma lida no começo e achei maçante. E pelo que li na sua resenha ele nem é tão original assim.
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gui.
      No início da leitura também achei massante. Não é original de forma alguma, infelizmente!

      Excluir
  10. Eu dei um gritinho quando vi a resenha gata, minha amiga me falou muito bem desse livro e pretendo ler ele, estou esperando chegar alguma promoção para mim comprar. Eu amo livros distópicos e esse ai chamou muito minha atenção. Sua opinião foi bastante importante, agora já sei o que vou encontrar quando ler.
    amei conhecer o blog, e já estou seguindo.

    seteprimavera.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, que legal que a minha opinião foi importante para você, pelo prepara para o que vai ler, né!?
      O preço do livro é realmente salgadinho!!
      Que bom que gostou do blog.
      Beiijin...

      Excluir
  11. Olá,
    Vi muita expectativa em relação ao lançamento desse livro, mas as resenhas que vi quase sempre apontam o mesmo que você: que o livro é uma colcha de retalhos de outras obras. Isso por si só já me desestimulou totalmente, nem tenho mais vontade de ler. Se existe uma coisa que gosto é originalidade.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Gabi!
      Também tive muitas expectativas com o livro e nem sei porque. A falta de originalidade me decepcionou demais!!

      Excluir
  12. Olá Flor
    Tudo bem?
    Confesso que me apaixonei perdidamente por este Livro <3 toda aquela Fantasia, por incrível que pareça não achei o livro cansativo,mas devemos aceitar que a a insegurança da personagem realmente irritou, mas gostei da forma como a historia e outros personagens foram envolvidos, mesmo sendo obvio certas coisas, o misto de outras Historias no livro,até que funcionou pra mim, mas o fato da autora não ter especificado uma época isso realmente me tira do serio, pois as vezes e difícil imaginar qualquer coisa, fora isso amei o livro,é uma pena não tela agradado Tanto.
    Beijos
    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie,
      a personagem principal me irritou demais. Pois é, infelizmente o livro não me agradou de forma alguma!

      Excluir
  13. Olá
    pena que não gostou da leitura e em toda resenha que leio o que o pessoal mais reclama é da falta de originalidade da autora é muito ruim quando isso acontece e clichê é bom de se ler, mais pode ter um pouco de originalidade. A sinopse do livro chama muito a minha atenção e eu ainda quero ler ele algum dia.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Denise!
      Pois é, eu gosto de clichê, mas pode ter um fator a mais, uma coisinha para me chamar a atenção. Nesse livro não teve nada. Falta de originalidade e cópia de outras histórias me incomoda demais!

      Excluir
  14. Olá, gostei muito do blog! :D
    Também tenho um onde coloco minhas poesias. Poderia dar uma olhada?
    http://wordsbyalonelyguy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Fiquei interessado em ler "A Rainha Vermelha", mas depois de seus comentários fiquei com um pouco de receio.
    Espero lê-lo em breve e poder tirar minhas próprias conclusões.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Sávio!
      Lê sim por você e depois me diz o que achou!!
      Beijin...

      Excluir
  16. Achei sua resenha bem construída e entendo seu ponto de vista, mas ainda quero ler para saber mais.
    Blog Entretanto

    ResponderExcluir
  17. Eu ainda não li e vi poucas pessoas dizendo que gostaram desse livro. Disseram o mesmo que você com relação a ser uma mistura de outros livros. Também sou teimosa e talvez leia um dia. kkkk Ótima resenha!!

    Beijos!
    http://postandotrechos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, leia o livro quando puder sim para tirar suas conclusões. Depois me diz o que achou!
      Beijin...

      Excluir
  18. Eu já estou namorando esse livro a um tempo, mas ainda não tive coragem de comprar e ler.
    A capa eu acho linda.
    Mas como as opiniões das pessoas sobre a história não me convencem muito, como você que achou que é um apanhado de outras histórias, sei lá..
    vou ficar namorando por enquanto ele :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, eu também achei linda a capa, mas o miolo um pouco pobre me deixou frustrada.
      Beijin...

      Excluir
  19. Olá, Alana! Também tive muitos problemas com esse livro e acabei não gostando tanto quanto gostaria. Assim como você não entendi o motivo de tanto alarde e sério, os clichês me incomodaram muito e principalmente as referencias descaradas a outras obras distópicas. Sei que hoje em dia é dificil fazer algo 100% original, mas nesse caso a autora parece que nao se deu muito ao trabalho de pensar.
    Beijos
    SIL | Estilhaçando Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Sil!
      Adoro sua sinceridade e seus comentários. Concordo plenamente com tudo dito!
      Fiquei frustrada com o que a autora fez! Achei feio da parte dela.
      Mas...

      Excluir
  20. Oi, tudo bem?
    Você disse TUDO que eu já ouvi por ai sobre esse livro. Clichê, personagem, capítulos longos aahahah
    Geralmente quando eu quero muito ler um livro, eu compro logo quando sai pra evitar spoilers mas o destino não me deixou comprar A rainha vermelha e estou meio que agradecida kkk
    Irei ler o livro futuramente, mas não com tanta sede ao pote.
    Ao contrário de Fúria Vermelha, estou louca pra ler :D
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Jess!
      Leia A Rainha Vermelha só quando o alarde acabar para tirar suas próprias conclusões.
      Ah, e lê sim Fúria Vermelha. Tipo, esse é o melhor livro ever!! *-*
      Beijin...

      Excluir
  21. Esse livro é uma história de amor e ódio né rsrsrs
    muita gente amando e muita gente odiando
    eu acabei desistindo de ler

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café
    participe do concurso que está rolando lá no blog

    ResponderExcluir
  22. Primeiro de tudo: Como você lê rápido! jesus! não to conseguindo colocar a leitura em dia faz tempo.. e é só aparecendo mais coisa para ler. hehehe

    Eu também to com muita vontade de ler esse livro, mas o sentimento é o mesmo: "Você pode não gostar, Erika". hehe porque também tenho um pouco de problemas com modinhas e quando é modinha clichê então... passo horas tentando entender como todo mundo gostou do livro e eu não.

    Então pensa pelo lado bom: pelo menos você não é a única no universo =D
    beijos

    www.manualdaerika.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie, Erika.
      Não leio tão rápido como queria. Sou bem devagar na verdade, queria ler tantos livros e ás vezes quero ser mais rápida para ler mais! Também não curto modinhas, principalmente se forem clichês.
      Esse livro me incomodou demais...
      Beijin...

      Excluir
  23. Oi, Alana! Tudo bem? Eu nunca tive interesse em ler esse livro e ainda bem que não tive, pois se eu o lesse, era certeza que ia me decepcionar. Essa mistura de um monte de outros livros e saber que a obra te cansou só fazem com que eu queira passar longe da leitura! Adorei a resenha! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Lucas!
      Eu cai na besteira de seguir a moda e deu nisso. A leitura foi bem cansativa para mim, sim.
      Beijin...

      Excluir
  24. Oi! Li sua resenha e quis comentar, mas como não tinha lido o livro ainda, resolvi ler. Já li e agora voltei para comentar sua resenha. Que livro difícil de se comentar! Eu entendo completamente sua opinião sobre A rainha vermelha. Se todo o livro fosse escrito com a originalidade e tensão que teve no final, seria MUITO melhor. Se torna clichê por ser uma mistura de vários livros e as semelhanças com outros são claras... Há quem diz que hoje em dia é difícil escrever um livro original por causa dos temas abordados, mas a forma como a história é desenvolvida, explorada é essencial que seja diferenciada. O final foi sim surpreendente, né? Reviravolta em cima de reviravolta. Pena que durante o desenvolvimento tivemos "reviravoltas" que não foram surpreendentes e passaram até despercebidas já que foram tão fracas. Já vi tantos comentários e uma divulgação tão boa sobre o livro que agora estou como você... não entendo também o alarde. Esse tipo de livro com tanta coisa misturada, poder, política, guerra e distopia não me atrai mais, principalmente quando é tão mal desenvolvido. Os casais nem tinham química. Parece que a autora atirou para todo lado... com o Kilorn, com o Cal e com o Maven. Mas eu devo dizer que fui enganada pelo Maven, hahahahah!

    Beijos, Alana! Muito bom conhecer seu blog.

    http://tempestade-de-estrelas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, que lindo. Que ótimo que você foi conferir por você mesma a estória. Pois é , eu concordo que ela poderia ter explorado mais coisa, mas achei que foi muita copia de um monte de coisa. Eu já esperava que o irmão se rebelasse contra o outro, mas não esperava que ele fosse tão malvado e sanguinário. Concordo plenamente que os casais não tem química alguma. Gostei demais de ler suas opiniões!!
      Beijin...

      Excluir