12 de jan de 2017

Resenha: A Megera Domada - William Shakespeare

  A minha primeira leitura do ano foi... um clássico. Eu sei, eu sei. Tô ficando viciada nesse gênero. Li muitos clássicos já esse mês que nem terminou, e fazendo uma análise nesses dias, percebi que li muito Shakespeare. É claro, migrei de Charles Baudelaire, Fernando Pessoa à Literatura Inglesa e Brasileira – estou estudando literatura Inglesa nesse período *-* awesome.
A Megera Domada - Adaptação Walcyr Carrasco Autor: William Shakespeare
Ano: 2009 |  Páginas: 119 | Editora: FTD
Um rico mercador de Pádua, na Itália, decide que sua filha mais jovem, a doce Bianca, só se casará depois da mais velha, a terrível Catarina. Quem se atreveria a querer conquistar o coração de Catarina? Só mesmo o louco Petrúquio, que se revelaria também um grande estrategista. Divirta-se com essa comédia do século XVI, que trata de forma hilariante a sempre atual guerra dos sexos.

  Enfim, comecei a ler a Megera Domada sem pretensão alguma, eu já tinha ouvido o título antes em algum lugar, mas nunca tinha me ligado. Um fato engraçado e lerdo é que eu só percebi que era o clássico famoso um milhão de vezes adaptado quando comecei a ler. Sou muito lerda às vezes.
Então, tem uns filmes feitos como, por exemplo, Dez coisas que odeio em você com o Heath Ledger, a série de mesmo nome, adaptações literárias e coisas mais que nem sei. Não acompanho o campo dos derivados. O que eu posso realmente dizer é que li uma adaptação literária e não gostei. Achei deveras fraco porque me pareceu uma cópia dos filmes e séries, muito clichê. O que posso dizer é: a peça original é muito melhor.
    Li a versão adaptada para criança, que leva uma linguagem mais fácil, até porque Shakespeare não é nada fácil, e descomplicar para que a criança possa ler é muito bom e incentiva a ler estórias cânones desse tipo. Eu estava na casa de amigos e esse livro estava na estante da Mari e eu resolvi pegar para ler.
  Dei muitas risadas, fiquei agoniada e em embasbacada diversas vezes. Você pensa que sabe o que é uma megera até conhecer a protagonista desse livro.
  Ao começar a leitura e reconhecê-la, estava esperando uma megera de acordo com as adaptações. Me enganei totalmente. A megera muitas vezes me deu raiva e uma vontade insana de entrar na estória para estapeá-la. Oh, mulher terrível. Em algumas situações o comportamento dela é ridículo e você passa a desejar que ela melhore ou algo aconteça porque simplesmente... não dá para ficar daquela forma.
   Não vou contar a estória porque todo mundo já sabe o que acontece e é melhor você ler para não perder toda a graça, até porque você pode realmente se surpreender com um monte de coisas na estória que você não vê nas adaptações. E como é uma peça, é melhor dizer o menos possível.
   Bem, eu gostei demais da leitura, leve, engraçada e algumas vezes frustrante. O final. Meu Deus. Eu achei que tinha entendido a estória e o final era somente aquilo que estava ali. Mas o tio Shakespeare brincou com vários significados e ao término da leitura você pode interpretar a protagonista de diversas formas. Eu não vou dizer quais. Uma coisa é certa: a peça me surpreendeu, principalmente porque o autor fechou a estória, mas a tornou passível de diversas interpretações segundo o ato da megera. Gosto dos livros do Shakespeare porque ele traz um crítica à sua época e muitas outras coisas cool de analisar.
Mas quem domou quem? É uma pergunta que você só encontrará a resposta ao ler o livro.


Eu achei essas ilustrações tudo a ver e uma fofura só. *-*
Leitura mais que recomendada.
XO XO

7 comentários:

  1. Vou procurar essa versão do livro! Deve ser mais fácil de entender e eu to louquinha pra ler faz tempo!

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  2. Hey Girl!
    Eu amo Shakespeare, e nesse ano estou me programando para ler mais clássicos.
    Beijokas
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alana, como vai?
    Apesar de "A Megera Domada" não ser umas das minhas obras favoritas de Shakespeare, gostei muito do seus comentários e fiquei feliz em conhecer essa edição de fácil compreensão e ilustrada.
    Gosto muito de "Sonho de uma Noite de Verão".

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi
    até é hoje só li um livro do autor e foi versão resumida, mas tenho curiosidade com outros, já vi falarem muito desse livro e que bom que achou um com uma linguagem mais leve, deve ser legal de ler e ter boas ilustrações.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, Alana.
    Alguns anos atrás eu trabalhei em uma oficina de uma escola aqui na minha cidade e tinha um monte de salas todas cheias de livros. E uma das salas tinha muitos livros do Shakespeare. Várias edições e títulos. Então li todos eles hehe. Foi assim que li esse livro. Mas já conhecia a história por causa da novela O Cravo e a Rosa que eu amei. Mas o livro é outra coisa mesmo.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  6. Oi! Confesso que nunca lida nada vindo do autor. Li mais releituras feita por outros autores. Vou anotar essa versão para comprar, já que é de fácil entendimento. Bjos ♥️

    Clickliterarioblog.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Nossa, JAMAIS imaginaria que 10 coisas que eu odeio em você tem algo a ver com uma obra de Shakespeare hahaha
    EU sempre me proponho ler Clássicos, mas não consigo. Tenho medo, sabe? Então acho que a leitura de um clássico voltado para crianças seria ótimo para mim. As ilustrações estão lindas!

    Beijos,
    Kemmy - Duas Leitoras

    ResponderExcluir

Alana Gabriela - créditos

Tema Base por Butlariz