16 de janeiro de 2017

Resenha de Filme | Mogli: O Menino Lobo

Título: The Jungle Book
Data de lançamento: 14 de abril de 2016
Direção: Jon Fevreau
Canção original: The Bare Necessities
Roteiro: Justin Marks

Depois de ter sua vida ameaçada por um temível tigre, Mogli, um menino criado por lobos, deixa o seu lar na selva e parte em uma viagem de autodescoberta, guiado por uma pantera austera e um urso alegre e independente.

Helloo, folks... Tudo numa nice?!
Today eu vim conversar com vocês sobre um filme que, tenho certeza, noventa por cento da população conhece ou assistiu, exceto eu. Quer dizer, até esse ano eu nunca tinha assistido. Que é The Jungle Book, mais conhecido como Mogli. Só quero dizer uma coisa: awesomeness defines.
   Não vou falar sobre a estória porque acredito que todo mundo já conhece - além de que a sinopse está aí - e eu só quero falar da minha experiência.
É sério, gente, eu nunca tinha assistido Mogli antes, nenhum filme do desenho animado e nem os derivados, que ao fazer uma pesquisa vi que tinha muitos por aí. Mesmo com a Disney Channel em casa que passa desenhos repetidos toda hora, eu nunca assisti esse clássico e nem Rei Leão - sou muito desatualizada. Mas decidi por começar por este filme lançado no ano passado. É claro que eu já tinha ouvido a música “Necessário, somente o necessário” mas descobri só esse ano que era desse filme. Como assisti legendado fica na minha cabeça a canção em inglês.
    Eu amei o filme. Até chorei. Se bem que estou me achando chorona nos últimos tempos. Acredito que ver que mesmo sem ele ter uma família de humanos, os lobos estando ali para o garoto Mogli, me deixou emocionada. E ver a carinha dele fofa, tentando ajudar os lobos, o companheirismo entre eles me deixou feliz e alegre.
  A fotografia do filme está maravilhosa e eu que prefiro a natureza em desenho animado adorei as paisagens. Os animais conversando com o Mogli – ou discutindo, no caso de Shere Kan – soaram e pareciam tão reais e eu aplaudo a adaptação por isso, porque já vi muitos filmes que os efeitos especiais ficaram tão fubás e esse passou  longe disso. A adaptação é simplesmente primorosa. O meu personagem preferido foi o Bagheera – aquela linda pantera negra. Tô passando muito tempo com minha irmã viciada em felinos – até mesmo os fossilizados - para delirar com esses animais.
   Ah, outra coisa. Eu assisti em casa, óbvio, mas tive uns sustos legais. Porque o filme é alto e toda vez que o Shere Kan rugia ou o Bagheera ou até mesmo o urso ou aquele macaco com nome impronunciável ou escrevível. Enfim, eu adorei o filme de verdade. E eu queria abraçar os elefantes, a estória, o Baghera, o Mogli pequenino super fofo de bochechas boas de apertar.

   Esse filme trouxe muitos ensinamentos e proporcionou um entretenimento de alta qualidade para mim, de modo que fiquei mais do que satisfeita. Acredito que ter assistido a esse filme sem conhecer o desenho animado foi bom para mim porque assisti totalmente as cegas, sem saber o que esperar, e fiquei feliz por cada surpresa.
   Como podem ver, aos poucos vou conferindo os filmes que quero e tentando acompanhar porque não sou muito de ver filmes só séries, mas foi bom começar com uma adaptação muito boa e emocionante.

Uma coisa que aprendi com esse filme: não confie em macacos.
Mais do que recomendado.
Por hoje é só, folks.
XO XO

10 comentários:

  1. Oi
    eu estava lembando desse filme semana passada, porque ainda não assisti e pensei em procurar, preciso ver ele. Que bom que gostou, eu acho que já assisti o filme de animação.
    E como assim nunca assistiu rei leão, é muito bom.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu assisti o desenho faz muito tempo e como gosto da animação não me senti empolgada para ver o filme, apesar de só ler elogios sobre ele nos blogs... Recomendo que assista logo Rei Leão, meu filme favorito é o dois, mas o terceiro é o mais engraçado da trilogia! SEM DÚVIDAS!!!! :D

    Beijos e até logo! ;)
    https://www.youtube.com/channel/UCq_t1Q7_GvQdRPI3sa4Z2gg/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Alana!
    Eu vi o filme no cinema e foi uma experiência linda. A fotografia é realmente incrível e a tela grande só faz isso ficar ainda mais visível. Eu também não vi o desenho, pelo menos não que me lembre. Bate aqui! o/
    Agora corre lá e assiste "O Rei Leão". ;)

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  4. Oi, Alana. Sempre fui apaixonada por desenhos, principalmente da Disney e sempre me 'parte o coração' quando vejo uma nova adaptação porque na minha mente nada barrará o desenho sabe? (são minhas neuras). Fora isso, eu ainda não assisti Mogli mas quero muito conferir o filme, mesmo que tenham críticas negativas.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na verdade esse filme não tem nenhuma crítica negativa, Miriã. O filme foi aclamado pela crítica e por mim também porque foi awesome, totalmente awesome!! *-*

      Excluir
  5. Oi, Alana.
    Meus filhos são apaixonados por esse filme, e realmente a fotografia está incrível é um show para os olhos.
    Beijo

    Te Conto Poesia ♥

    ResponderExcluir
  6. Oi Alana, eu ainda não vi esse filme. Acredita? Mas, pretendo ver logo!
    Eu sempre ouço falar bem e eu adoro filmes de criança! <3
    https://quetal-carol.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, Alana.
    Eu assisti Rei Leão, só o primeiro hehe. Já esse eu nunca assisti e nem nada derivado, sou totalmente por fora de filmes, geralmente quando assisto já passou faz anos hehe. Mas é um filme que tenho vontade de ver. Tomara que eu me emocione também.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  8. Ooi!
    Eu nunca vi esse filme ;o Nem mesmo o de animação. Como assim você nunca viu rei leão?? Você precisa assistir é muito bom, sério.
    Sobre esse filme, do jeito que você falou dele deu tanta vontade de assistir, vou ter que assistir ele haha.

    Beijos.
    http://creative--theory.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  9. Oi, Alana!
    Eu ainda não assisti esse filme porque eu nunca fui muito fã de Mogli.
    Mirmã, comassim tu nunca viu Rei Leão?? Esse filme é um trauma na minha infância. A primeira morte que nunca superei.
    Eu nunca gostei de macacos mesmo e depois desse aviso gosto menos ainda
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir