Autores que estou disposta a dar uma segunda chance

      Helloo, folks... tudo numa nice?
    Então, eu estive um pouco sumida da blogosfera por alguns motivos e talvez eu fique um pouco off por mais alguns dias por causa do fim do ano. Mas eu fiquei distante porque estive fazendo algumas mudanças no meu quarto, além disso, estive bem ocupada com algumas resoluções que preciso terminar sobre meu estágio e outras coisas por causa da universidade. Mas enfim, eu tenho alguns posts prontos aqui, mas decidi não postar por agora porque não estava me sentindo completamente engajada para fazê-lo. Tem muita coisa acontecendo e esse fim de ano está bem agitado porque acreditem: ainda estou indo para a universidade.  Para vocês terem uma ideia, nunca mais assisti BOOKTUBERS, mas hoje fiz isso e achei um vídeo legal da Sara without H e decidi fazer aqui também.
   Anyways, vamos lá falar sobre três autores que decidi dar uma segunda chance. Acho que essa é uma boa ideia, e posso corroborar que funciona porque li uma obra da Cinda William Chima que não curti completamente, dei uma chance a outros livros dela e acabei amando. Se tornou uma das minhas autoras favoritas. Mesma coisa aconteceu com o livro da Becca (Sussurro) que eu odiei completamente, dei uma chance e acabei gostando do standalone que ela lançou no ano retrasado, apesar de muita gente não ter gostado. Acho que sou um pouco do contra AHAHAHA.
STEPHANIE GARBER
     Como muita gente, li Caraval esse e gostei tanto da escrita quanto de algumas coisas da estória.  Não amei a obra como a maioria por ter encontrado algumas falhas e ter lido mais romance do que propriamente uma fantasia. Acho que algumas propostas de algumas obras devem estar mais claras para os leitores, talvez isso tenha atrapalhou um pouco a experiência de leitura e a questão de “dar nota” ao livro, porque apesar de eu ter curtido a obra e até ter gostado do romance (acreditem, a do contra do romance em livros gostou do romance), tive que ser justa com outros livros que tinham um conteúdo mais aprofundando e complexo. Esse livro ficou meio a meio para mim e exatamente por isso vou dar uma segunda chance a autora, agora com a mente convicta do que irei encontrar em suas próximas obras.
              KASIE WEST
    Eu já li uma obra dessa autora e gostei muito, mas o último YA que li dela me decepcionou demais. Eu odiei completamente. Muito ruim, a escrita estava rasa, os personagens eram fracos e sem convicção, o enredo foi muito clichê e apressado. Bem, eu sabia o que esperar quando busquei o livro dela, até porque tinha gostado de Namorado de Aluguel, que apesar de ser clichê, foi desenvolvido e a narrativa me convenceu, até mesmo me tocou. Vou ler outra obra dela porque conheço o potencial dessa autora e gostei de sua obra anterior. Acredito que A Distância que nos Separa foi um equívoco para mim. Não funcionou de forma alguma.
 LEIGH BARDUGO
Acreditem, folks, a Leigh está nessa lista. Ao contrário de muita gente que adorou a trilogia Grisha, eu detestei. Para ser mais justa, explicarei algumas coisas para que não pensem demais. O universo folclórico criado pela autora foi divino e eu amei. Serviu-me até de inspiração para outras coisas, mas as personagens, o triângulo amoroso, a lentidão da narrativa e alguns outros fatores me fizeram desgostar da trilogia. Para ser mais justa ainda, eu gostei do primeiro livro e achei interessante, se não fosse assim nem teria lido o segundo. A questão é que a partir da segunda obra eu não curti mais a execução da estória e li apenas o terceiro porque disseram que era bom e blá blá blá e eu queria terminar apesar de ter lido o terceiro como se estivesse fazendo um scanning lembro quasenada da última obra – foi muitooooo monótono. Bem, eu não curti. Quando você detesta os protagonistas de uma obra e prefere o vilão e torce por ele você sabe que tem alguma coisa errada aí. Eu amei o Darkling e não me conformo com aquele final.
Enfim, eu vou ler Crooked Kingdom porque como falei gostei do universo que a autora criou e muita gente disse que essa duologia é anos luz melhor do que Grishaverse. E também porque quero gostar das obras dela.

Bem, folks, por hoje é só. Contem nos comentários alguns autores que estão dispostos a dar uma segunda chance.

XO XO

3 comentários

  1. Oi
    legal o poste, desses ai só conhecia um livro, mas nunca li nada deles, mas to curiosa com caraval.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi, Alana!
    Mirmã, se você já está habituada pelo menos no que são os Grisha e afins, vai de cabeça em Six of Crows e Crooked Kingdom. Esses livros superam e muito a trilogia Grisha. Eu amei de verdade e acho que vão te agradar também.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  3. Olá, Alana.
    Eu já li todas as autoras citadas e gostei de todas elas hehe. A Trilogia Grisha eu li em um fim de semana porque não conseguia largar hehe. Mas tem autores que é assim mesmo, a gente ama um livro e odeia outro, ou vice versa.
    Feliz natal!

    Prefácio

    ResponderExcluir